Cerâmica de óxido - Cerâmica com silicato

Os materiais cerâmicos tradicionais

Desenvolvimentos recentes no campo da cerâmica técnica começaram com o uso da cerâmica à base de silicato para isolamento elétrico. A maior parte da cerâmica à base de silicato é fabricada a partir de matérias-primas naturais.

Vale a pena saber:

Propriedades da cerâmica à base de silicato

  • Ótimo isolamento elétrico (1x1010 a 1x1013 Ωcm)
  • Expansão linear de mínima a moderada
    (0.4x10-6K-1 a 6x10-6K-1)
  • Excelente resistência a choque térmico (250 a 610 K)
  • Baixa condutividade térmica (2 a 4 W/mK)
  • Resistência à flexão de 80 a 180 MPa

Muitos tipos diferentes de cerâmica multifase podem ser produzidos com diferentes propriedades, através da variação do tipo e da quantidade de matérias-primas. Os materiais da cerâmica à base de silicato incluem:

  • Porcelanas: silicatos de alumínio - alcalino
    (Tipo C140)
  • Esteatita: silicatos de magnésio
    (Tipo C221, 230)
  • Cordieritas: silicatos de silício - alcalino terrestre
    (Tipo C410, C520, C530)
  • Mullitas: composições de óxido de alumínio-silício
    (Tipo C610, C620/C780)

Os componentes de cerâmica à base de silicato são usados na engenharia elétrica e eletrônica e atuam como isolamento elétrico em fusíveis, disjuntores, termostatos e na tecnologia de iluminação. A capacidade dos materiais cerâmicos à base de silicato de fornecer isolamento térmico também é utilizada em aplicações da engenharia térmica, ambiental e de aquecimento. Os componentes porosos são produzidos para a emissão de fragrâncias e inseticidas, como catalisadores ou para diversas aplicações em laboratórios. Os componentes de precisão para aplicações na tecnologia de medição e nos produtos de laboratório usam e misturam uma gama completa de mídia de produtos cerâmicos à base de silicato da CeramTec.